Empregos

Cerca de 700 empregos para o setor naval em Rio Grande (RS)

A instalação da planta da Iesa Óleo & Gás, empresa contratada para a construção de dois módulos da plataforma P-55, deve gerar 480 empregos diretos e 200 indiretos em Rio Grande (RS). O processo de seleção para uma vaga de emprego inicia em setembro. E a prioridade para o suprimento das vagas é dos riograndinos. “Vamos contratar profissionais desde que estejam qualificados”, destacou Rodrigo da Rosa, gerente administrativo/financeiro da Iesa.

A Iesa Óleo & Gás , com sede na cidade do Rio de Janeiro, é especializada em atividades ligadas à manutenção, reforma e modernização de plataformas de petróleo e gás. Segundo o gerente Rodrigo da Rosa, o investimento total na operação para a construção dos dois módulos contratados, um de compressão e outro de redução de sulfato, é de R$ 234 milhões.

A empresa iniciou a construção do canteiro de obras da Iesa nas dependências da W Torre, o que deve durar cerca de dois meses. Conforme os executivos da Iesa, a construção dos módulos inicia em outubro de 2009 e deve durar cerca de 1 ano e 3 meses para serem concluídos.